Criando Animações com CSS3

CSS3

Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de criar giff's ou animações com flash.

Para exemplo do post vamos criar uma animação de loading, conforme imagem abaixo:

Exemplo de animação

Pronto? Então vamos começar!

Entendendo a animação

Antes de saírmos escrevendo código, vamos entender primeiro como realizar essa animação, isso evitará tentativas e chutes desnecessários e um ganho de tempo.

Sabemos que trata-se de um círculo, logo, já temos nosso primeiro objetivo:

  • Criar um círculo com bordas grossas e cinzas.

Certo, mas como podemos realizar a animação daquele pedaço verde? Simples, para isso, podemos definir uma cor para um (apenas um) dos lados das bordas de nosso círculo, logo, temos outro objetivo:

  • Definir uma borda com cor verde.

Porém, somente essa definição de cor não será o suficiente, pois, a mesma ficará parada sem qualquer animação.

Como podemos animar o círculo cinza com uma borda verde? Podemos simplesmente girar o círculo, dando á entender que as outras bordas estão ficando com cores verdes, sendo assim, temos mais um e último objetivo definido:

  • Girar o círculo infinitamente.

Finalizando, precisaremos seguir três passos para concluir essa animação, sendo eles:

  1. Criar um círculo com bordas grossas e cinza.
  2. Definir uma borda com cor verde.
  3. Girar o círculo infinitamente.

Agora que já sabemos como realizar a animação, é hora de finalmente implementá-la.

Criando a animação

Criar um círculo com bordas grossas e cinza

Como sabemos, o primeiro passo será criar um círculo com bordas cinzas e grossas, para isso, vamos criar uma div em nosso HTML:

<div class="spinner"></div>

Veja que foi dada a classe spinner para o círculo, agora, precisamos aplicar o CSS para que o mesmo seja um círculo:

.spinner {
    border-radius: 100%;
    height: 50px;
    width: 50px;
}

Repare que definimos uma altura (height) e largura (width) fixa para o círculo (ambos devem possuir o mesmo valor), e para deixá-lo redondo, apliquei um border-radius com o valor de 100%, porém, ainda está faltando definir a borda para nosso círculo, podemos fazer isso com a propriedade border:

.spinner {
    border: 5px solid #DCDCDC;
    border-radius: 100%;
    height: 50px;
    width: 50px;
}

Foi definido uma borda com tamanho de 5px e com a cor #DCDCDC (cinza claro).

Com isso, devemos ter o seguinte resultado:

Primeira parte da borda

Legal, nosso primeiro passo foi concluído.

Definir uma borda com cor verde

O segundo passo é simplesmente definir a cor verde para um dos lados de nossa borda, podemos fazer isso com o border-left-color, assim, definiremos uma cor para a borda da esquerda (left):

.spinner {
    border: 5px solid #DCDCDC;
    border-left-color: #00CC99;
    border-radius: 100%;
    height: 50px;
    width: 50px;
}

Foi definida a cor #00CC99 (verde nem claro e nem escuro) para a borda da esquerda. Após definir a cor, devemos ter o seguinte resultado:

Segunda parte da borda

Com isso, o segundo passo também está concluído.

Girar o círculo infinitamente

Legal, agora já temos tudo pronto, precisamos apenas criar a animação responsável por girar o círculo infinitamente dando a ideia de loading (carregando/processando). Como podemos criar uma animação no CSS? Com a chegada do CSS3, um de seus recursos foi o Animation, sim, ele é o responsável por criar as animações.

Para criar uma animação, precisamos utilizar a palavra reservada @keyframes seguida pelo nome da animação:

@keyframes loading

Legal, dizemos que estamos criando uma animação chamada loading (o nome será usado mais á frente), mas algo está estranho, o que ela irá fazer? Pois é, para de fato criarmos uma animação, precisamos passar um corpo para ela, podemos fazer isso utilizando as chaves como de costume no CSS:

@keyframes loading {

}

Pronto, agora sim, nossa animação está criada corretamente.

Para girar uma elemento com CSS, podemos utilizar a propriedade transform (também inserida no CSS3) junto com seu valor rotate. Nossa animação deve começar com 0 graus de giro e finalizar com 360 graus, assim, a mesma irá dar um giro completo.

Para dizermos como uma animação deve começar, ou seja, qual será seu estado inicial, podemos utilizar o from ou 0%:

@keyframes loading {
    from { 
        transform: rotate(0); 
    }
}

Ou:

@keyframes loading {
    0% { 
        transform: rotate(0); 
    }
}

Repare que passamos o valor 0 para o rotate, assim, estamos indicando que a rotação inicial (0%) deve ser 0 grau.

Já definimos o estado inicial da animação, agora precisamos definir seu estado final, que será um giro de 360 graus. Podemos definir o estado final de uma animação através de to ou 100%:

@keyframes loading {
    to { 
        transform: rotate(360deg); 
    }
}

Ou:

@keyframes loading {
    100% { 
        transform: rotate(360deg); 
    }
}

Tudo certo, nossa animação final, fica da seguinte maneira:

@keyframes loading {
    0% { 
        transform: rotate(0); 
    }
    100% { 
        transform: rotate(360deg); 
    }
}

Obs: Eu particularmente prefiro trabalhar com %, pois, o from e to só funcionam quando nada acontece no meio deles, porém, com porcentagem, podemos definir qualquer estado da animação entre seu começo 0% e seu fim 100%, nos dando muito mais possibilidades.

Pronto, já temos a nossa animação criada, como podemos aplicá-la em nosso elemento? Podemos fazer isso através da propriedade animation (inserida no CSS3), a mesma recebe alguns (não somente esses) parâmetros:

  1. Nome da animação que desejamos aplicar.
  2. Tempo que a animação deve ser executada.
  3. Maneira como a animação deve ser realizada.
  4. Informar se a animação deve se repetir ou não, ou seja, ser infinita.

Para aplicar o efeito da animação, vamos criar outra classe para nosso spinner:

<div class="spinner is-animating"></div>

E aplicar a animação em seu CSS:

.spinner.is-animating {
    animation: loading 2s linear infinite;
}

No código acima, dizemos que o elemento que possuir as classes spinner e is-animation deve receber a animação loading, a mesma deve ser executada em dois segundos (2s) de forma linear, ou seja, os dois segundos devem ser divididos e aplicados de forma igual durante seu ínicio e fim. Por fim, dizemos para ela ser infinita (infinite), assim, deverá executar para sempre.

Pronto, isso deve ser o suficiente para nosso loading estar animado.

Comemorando animação pronta

Saiba mais

Compatibilidade de navegadores

Por questões de compatibilidade com browsers (navegadores) mais antigos, é aconselhado utilizar prefixos para a criação de animações, sendo eles:

@keyframes
@-webkit-keyframes
@-moz-keyframes
@-o-keyframes
@-ms-keyframes

Cada prefixo é utilizado para um navegador específico:

  • webkit: Google Chrome e Safari.
  • moz: Mozila.
  • o: Opera.
  • ms: Internet Explorer.

O resto continua conforme anteriormente, assim, conseguiremos garantir uma maior compatibilidade de navegadores para nossa animação.

Velocidade da animação

Caso você tenha reparado, a animação final ficou diferente da inicial, apresentada no ínicio do post, isso porque a forma que estamos pedindo para a animação ser executada está diferente.

No exemplo do post pedimos para a animação acontecer de forma linear, ou seja, os dois segundos serão dividos de forma igual do começo ao fim, porém, queremos que ela comece devagar e finalize rápido, para isso, podemos utilizar a forma de animação com cubic-bezier:

.spinner.is-animating {
    animation: loading 2s cubic-bezier(0, .25, .7125, .1) infinite;
}

O cubic-bezier é uma curva definida em quatro (4) pontos, sendo eles: p0, p1, p2 e p3, também podemos definir esses pontos como x1, y1, x2 e y2. Seus valores devem ser de 0 á 1, sendo 0 devagar e 1 rápido.

Exemplo de animação

E finalmente nossa animação está da forma apresentada no ínicio do post.

Animation com JS

Recentemente foi introduzida uma API no JavaScript responsável por realizar a mesma animação (assunto para um próximo *post), ela é chamada de Animation API.

Conclusão

Não precisamos mais ficar criando giff's, hoje, apenas com CSS3 ou JavaScript muita animação pode ser feita.

Caso ainda tenha ficado alguma dúvida ou você prefere assistir em vez de ler, segue o vídeo gravado sobre o mesmo assunto em meu canal no youtube:

E aí, gostou? Já conhecia o Animation? Não deixe de comentar e assinar a newsletter para receber novos posts por email e fcar por dentro das novidades.

Matheus Castiglioni

Matheus Castiglioni

Apaixonado pelo mundo dos códigos e um eterno estudante, gosto de aprender e saber um pouco de tudo, aquela curiosidade de saber como tudo funciona, tento compartilhar o máximo de conhecimentos adquiridos e ajudar todos aqueles que sou capaz.

Post's Relacionados

Visualize outros post's relacionados ao mesmo assunto:

Organizando seu código CSS parte 04 - DRY CSS

CSS3
Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de...
Continuar lendo

Organizando seu código CSS parte 03

CSS3
Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de...
Continuar lendo

Dando poderes ao CSS com SASS parte 01

CSS3
Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de...
Continuar lendo

Organizando seu código CSS parte 02

CSS3
Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de...
Continuar lendo

Organizando seu código CSS parte 01

CSS3
Geralmente temos a necessidade de criar animações em uma página, seja um site ou uma aplicação web, porém, esse tipo de necessidade já foi muito temida pelos desenvolvedores, pois, tratava-se de um recurso chato de ser feito, tendo a necessidade de...
Continuar lendo