ES6 - O JavaScript do momento parte 01

Javascript

Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje.

Origem

No inicio da década de 90, começaram a ser desenvolvidas as primeiras web app (conhecidas como aplicações web na época), assim a internet estava tomando forma tornando as páginas cada vez mais complexas, sem dúvida a maior dificuldade era em relação a velocidade.

Você consegue se imaginar navegando em uma internet com conexão de 28 kbps ? Nem eu.

Como você deve imaginar, a velocidade de conexão não estava conseguindo acompanhar a evolução da web, a cada momento ficavam maiores e mais complexas, onde a velocidade não conseguia ou estava preparada para lidar com isso.

Foi nessa época que naceu o JavaScript, também conhecido por nomes como Mocha, LiveScript, JScript e ECMAScript, hoje uma das linguagens mais famosas do mundo. Ela foi criada em 1995 por um engenheiro da Netscape chamado Brendan Eich. Originalmente batizada de LiveScript, foi lançada pela primeira vez em 1996 no navegado Netscape 2 e prometia ajudar os navegadores acompanhar a evolução da web.

Estranho, eu conheço ela como JavaScript, afinal, como e porque o nome da linguagem foi mudada ? O nome JavaScript foi dado devido o sucesso do Java na época, tentando fazer com que os programadores relacionassem os nomes, dando sucesso ao JavaScript.

Atualmente

Após ter sido ridicularizada por muitos anos, chamada até de "Linguagem de brincadeira", hoje, após mais de 20 anos do seu lançamento, ela cresceu consideravelmente na comunidade de desenvolvedores, tornou-se robusta, poderosa e é usada em uma inifinidade de aplicações de alto nível, tanto no front-end quanto no back-end das aplicações.

Quem usa Javascript ?

Hoje o JavaScript é a tecnologia que roda por trás de grandes bibliotecas ou frameworks famosos do mercado, tais como: Angular, Ember, React, Backbone, jQuery, Grunt, Gulp, Vue Webpack, etc... A lista é bem grande.

A quem destine essa série de posts ?

Para você que quer ser capaz de entender todas as mudanças que vieram com o ECMAScript 6, aprimorar suas habilidades como desenvolver JavaScript e se destacar no mercado que hoje é tão concorrido. Não importa se você tem conhecimentos básicos ou avançados com a linguagem, a série pode lhe trazer grandes benefícios e novos conhecimentos ou amadurecer os já existentes, para um melhor aproveitamento, é necessário ter uma noção básica nos tópicos abaixo:

  • Declaração de funções e variáveis
  • Estrutura de dados: Objetos e Arrays
  • Funções anônimas
  • Escopos

Tópicos do ES6

Abaixo vou listar alguns dos tópicos que serão abordados durante a série, para que você talvez tenha interesse em aprender ou amadurecer seus conhecimentos:

  • Novas maneiras de iterar objetos e coleções
  • Declaração de variáveis com let e const
  • Melhorias em funções anônimas com arrow functions
  • As novas estruturas de Map, WeakMap, Set e WeakSet
  • Modularização e classes
  • E muito mais...

Relação entre Javascript e ECMAScript

Antes que possamos dar ínicio aos códigos e explicações da nova versão, é importante que você entenda corretamente a relação do ECMAScript com o JavaScript. O ECMAScript(também conhecido e denominado como ES) é a especificação da linguagem Script que o JavaScript implementa. É a descrição e padronização de uma linguagem de script. A especificação é definida e mantida pela ECMA Technical Comittee 39(também conhecida como TC39), um comitê formado por grandes especialistas de companhias de tecnologias, por exemplo: Apple, Google, Microsoft e Mozila, este comitê se reune a cada dois meses para discutir o futuro da especificação.

Implementações da especificação

O ECMAScript é suportado por uma diversidade de aplicações, principalmente navegadores em que são implementados pela linguagem JavaScript.

De onde veio o ES6 ?

Com o sucesso do JavaScript da Netscape, a Microsoft também lançou uma linguagem de script, batizada de JScript, incluída na terceira versão do Internet Explorer em agosto de 1996. Assim começou o surgimento de mais linguagens e concorrentes, onde suas implementações ficavam por conta de si próprias, a Netscap submeteu as especificações de sua linguagem para a padronização pela Ecma Internacional, a partir deste ponto, iniciou-se o processo de padronização, gerando a primeira versão conhecida como ECMA-262 em junho de 1997.

Desde então surgiram seis versões, sendo a mais atual, assunto de nossa série, foi finalizada em 17 de junho de 2015.

A partir da versão ES6, será adotado o versionamento por ano e não mais por número, por isso, em muitos lugares encontramos o ES6 como ECMA2015 ou ES2015, onde ambos são a mesma versão.

Espero post foi apenas uma introdução teórica do que esta por vim, nos próximos ja começarei com códigos e exemplos de uso.

Matheus Castiglioni

Matheus Castiglioni

Apaixonado pelo mundo dos códigos e um eterno estudante, gosto de aprender e saber um pouco de tudo, aquela curiosidade de saber como tudo funciona, tento compartilhar o máximo de conhecimentos adquiridos e ajudar todos aqueles que sou capaz.

Post's Relacionados

Visualize outros post's relacionados ao mesmo assunto:

Trabalhando com eventos no JavaScript

Javascript
Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje. Origem No inicio da déca...
Continuar lendo

Referenciando componentes no React

Javascript
Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje. Origem No inicio da déca...
Continuar lendo

Atualizando estado dos componentes no React

Javascript
Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje. Origem No inicio da déca...
Continuar lendo

Mantendo estados de componentes no React com state

Javascript
Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje. Origem No inicio da déca...
Continuar lendo

String em JavaScript com aspas simples ou duplas?

Javascript
Essa será uma série de posts que irei escrever sobre o JavaScript ES6, mas afinal, o que seria esse tal de ES5 ou ES6 ? O que seria JavaScript ? Nada melhor que um pouco de história e textos para entendermos onde estamos hoje. Origem No inicio da déca...
Continuar lendo